Home > Blog > Caminho Santiago > Santiago – A lenda Cristã

Santiago – A lenda Cristã

Segundo a Bíblia, Tiago Maior, foi um dos quatro primeiros discípulos de Jesus Cristo. O nome Tiago deriva da latinização de Jacob (em hebraico) para lacobus. Em espanhol e português a aglutinação de Sant’Iago deu origem a Santiago, em francês é conhecido como Saint Jacques e em Inglês como Saint James. De acordo com a tradição cristã, após a morte de Cristo e a dispersão dos Apóstolos pelo mundo, Santiago foi pregar em regiões longínquas, passando algum tempo a tentar evangelizar a Península Ibérica, em especial na região da Galiza. O processo de evangelização não teve muito sucesso, ainda segundo a tradição, regressou à Palestina, foi preso e decapitado, a mando de Herodes Agrippa. Dois dos seus discípulos, Teodoro e Atanásio, roubaram o corpo de Tiago Maior, levaram-no até ao mar e embarcaram-no «numa barca sem leme nem vela com tripulação angélica» onde por fim chegaram a Iria Flávia, na Galiza. Num monte onde então se Libredón os discípulos colocam as relíquias numa arca de mármore e constroem uma pequena capela, que guardam até ao fim das suas vidas. O corpo esteve esquecido durante cerca de 800 anos, encontramos o primeiro relato da descoberta do túmulo do Apóstolo na Concórdia de Antealtares (1077), um manuscrito em latim, assinado pelo abade do convento de São Paio de Antealtares e pelo bispo de Santiago, Diogo Páez. A concórdia descreve a forma como Pelayo, um ermitão do bosque de Libredón, teve uma visão angelical onde lhe foi dito que descobriria o túmulo do Apóstolo. Pelayo observou durante algumas noites seguidas uma “chuva de estrelas” e escutou “música sobrenatural” num monte do bosque, e avisou o bispo Teodomiro de Iria Flávia (actual Padrón na Galiza). Segundo o documento, o bispo ordenou escavações no local e encontrou uma arca de mármore com os ossos do santo e dos seus discípulos.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *